Verde VidaDrogaria AlvesEspaço do CorpoPreta Forner 970x200jornal voz


Notícia

 
Terça-Feira, 03 de Outubro de 2017
Justiça determina que mãe e mais 2 acusados vão a júri popular por morte de jovem em Cravinhos
Sentença de pronúncia definiu julgamento por homicídio triplamente qualificado e absolveu o padrasto por falta de provas. Itaberli Lozano foi encontrado carbonizado 10 dias depois de ser assassinado.
Justiça determina que mãe e mais 2 acusados vão a júri popular por morte de jovem em Cravinhos
A Justiça de Cravinhos (SP) determinou que Tatiana Ferreira Lozano Pereira e mais dois jovens sejam julgados por um júri popular pela morte de Itaberli Lozano, de 17 anos, esfaqueado e carbonizado no final do ano passado.

Na mesma decisão, o padrasto Alex Pereira foi absolvido por falta de provas e deixou o Centro de Detenção Provisória de Taiúva (SP) na última semana.

A sentença de pronúncia expedida na última quinta-feira (30) decide que a mãe, além de Victor Roberto da Silva e Miller da Silva Barissa, sejam julgados por homicídio triplamente qualificado - por motivo torpe, meio cruel e recurso que impossibilitou a defesa da vítima - e corrupção de menor, pelo suposto envolvimento de uma adolescente de 16 anos no caso. Tatiana também é acusada por ocultação de cadáver.

A mãe e os dois jovens acusados de coautoria seguem presos. A data do Tribunal do Júri ainda não foi confirmada.

Advogado de defesa da mãe e do padrasto, Hamilton Paulino disse que ainda vai recorrer da sentença em favor de Tatiana. "Não tem prova efetiva de quem matou, tem indício", afirma.

Embora informe não ter sido oficialmente comunicado sobre a decisão, o advogado de Silva e Barissa, Flávio Tiepolo, também disse que vai recorrer. "Presume-se que eles tenham participado, mas não têm prova de nada disso, por isso vamos tentar reverter essa decisão", diz.

A Promotoria, que atua na acusação, também vai recorrer, mas para pedir que o padrasto volte a ser preso.

Entenda o caso

O adolescente foi encontrado carbonizado no dia 7 de janeiro, dez dias após ter sido morto. Dois dias após registrarem um boletim de ocorrência por desaparecimento, a mãe e o padrasto, o tratorista Alex Canteli Pereira, foram presos e confessaram o crime.

Em postagem dois dias antes de ser morto, Itaberli diz ter sido agredido pela mãe por ser gay.

Inicialmente, Tatiana disse que esfaqueou o filho na madrugada de 29 de dezembro. Com a ajuda do marido, ela queimou o corpo no canavial. Em um segundo depoimento, voltou atrás e contou que havia aliciado dois jovens - Victor Roberto da Silva, de 19 anos, e Miller Barissa, de 18, para darem um “corretivo” no filho, mas sem a intenção de matá-lo.

Um dos jovens confessou ter espancado Itaberli, enquanto o outro disse que apenas conversou com a vítima. Segundo a Polícia Civil, no entanto, ambos espancaram e enforcaram Itaberli, antes de a mãe esfaquear o próprio filho.

A dupla foi presa no dia 13 de janeiro. Uma estudante de 16 anos que confessou ter presenciado o momento em que Tatiana matou o filho também foi apreendida, no dia 27 de janeiro. Para a promotoria, a menor participou diretamente na morte de Itaberli.

O Ministério Público considera que o crime foi motivado por homofobia - a mãe não aceitaria o fato de o filho ser homossexual. Já a Polícia Civil sustenta a tese de conflito familiar, alegando histórico de agressões entre ambos.

No fim de junho, a Justiça começou a ouvir os depoimentos das testemunhas e dos acusados. Segundo o promotor Wanderley Trindade Junior, as provas colhidas até então eram suficientes para levar a mãe, o padrasto e os jovens a júri popular.

Depois de sete meses de impasse sobre a identidade do corpo encontrado, um laudo do IML confirmou que a vítima em questão era Itaberli Lozano, que foi sepultado em julho.

Fonte: Jornal Voz






Preta Forner 450x90Ver Mais VeículosTVoz




Verde VidaPreta Forner 728x90


Tecnologia
Ciência
Tec. e Informática

Entretenimento
Filmes
Livros
Música
TV

+ Mais
Gospel
Receitas
Saúde

Central
Contato
Localização

Assinante
Acessar
Especiais
Curiosidade Voz
Extr@Voz
Top of Mind
TVoz

Links
Ver Mais Veículos

App Developers
Show
Feliz Natal
Feliz Ano Novo

Estatísticas
Visualizações: 10582257

Online
Temos 336 Visitante(s) Online
A Voz Online | Jornal Voz São Joaquim da Barra e Região


Rua São Paulo, 1579: Ap. 111 (11º Andar) — Centro, Sjm. da Barra - SP | Tel: (16) 3818-0302     ||     Rua 01, 111 — Centro, Orlândia - SP | Tel: (16) 3826-8888