Verde VidaEspaço do CorpoPreta Forner 970x200Drogaria Alves


Notícia

 
Sexta-Feira, 08 de Maio de 2015
Nave russa Progress se desintegra ao reentrar na atmosfera da Terra
Equipamento se desintegrou completamente sobre o Oceano Pacífico. Ainda não há informação sobre fragmentos.
Nave russa Progress se desintegra ao reentrar na atmosfera da Terra
A aeronave espacial não tripulada Progress se desintegrou completamente ao reentrar na atmosfera da Terra sobre o Oceano Pacífico na madrugada de sexta-feira (8), às 5h04, horário de Moscou – noite de quinta (7), às 22h04, horário de Brasília – segundo agências.

A queda ocorreu uma semana depois que os operadores russos perderam o controle da aeronave.

“A nave espacial Progress M-27M deixou de existir às 5h04 de Moscou em 8 de maio de 2015. Sua entrada na atmosfera foi realizada sobre o Oceano Pacífico central”, disse a agência espacial russa Roscosmos em um comunicado.

Ainda não há informação sobre fragmentos.

Problema na telemetria
A Roscosmos afirma que o voo desde o Cosmódromo de Baikonur, no Cazaquistão, até o espaço, ocorreu normalmente. Porém, 1,5 segundo antes da separação da nave do veículo lançador, houve perda de dados do sistema de telemetria (responsável por enviar informações para a Terra).

“Quando os dados foram recuperados, o tempo para a separação já havia passado”, explicou a agência, que tentou ancorar de forma segura a nave não tripulada na Estação Espacial, mas o plano foi descartado por apresentar riscos.

As naves Progress, usadas há 35 anos, estão entre os grandes orgulhos da indústria aeroespacial russa, com um histórico praticamente imaculado: até agora só tinham sofrido um acidente, em agosto de 2011, por uma falha do foguete portador.

Um relatório será elaborado até 13 de maio e nele estará a conclusão sobre o que provocou a falha em um dos processos do lançamento.

Com 2,5 toneladas de suprimentos, a nave deveria chegar à plataforma internacional seis horas depois de sua decolagem. Ela carrega combustível, oxigênio, alimentos, equipamentos científicos para os astronautas. Após a perda, cujo custo é estimado em até US$ 90 milhões.

O próximo cargueiro em direção à ISS sairá da Terra no 3º trimestre deste ano.

De qualquer forma, os astronautas têm provisões suficientes para continuar com sua vida no espaço, apesar do incidente com a Progress.

Fonte: G1






Preta Forner 450x90Ver Mais VeículosTVoz




Preta Forner 728x90Verde Vida


Tecnologia
Ciência
Tec. e Informática

Entretenimento
Filmes
Livros
Música
TV

+ Mais
Gospel
Receitas
Saúde

Central
Contato
Localização

Assinante
Acessar
Especiais
Curiosidade Voz
Extr@Voz
Top of Mind
TVoz

Links
Ver Mais Veículos

App Developers
Show
Feliz Natal
Feliz Ano Novo

Estatísticas
Visualizações: 10385966

Online
Temos 345 Visitante(s) Online
A Voz Online | Jornal Voz São Joaquim da Barra e Região


Rua São Paulo, 1579: Ap. 111 (11º Andar) — Centro, Sjm. da Barra - SP | Tel: (16) 3818-0302     ||     Rua 01, 111 — Centro, Orlândia - SP | Tel: (16) 3826-8888